quinta-feira, 26 de julho de 2007

Notícia de jornal frenchy

Na Europa acontecem coisas estranhas. Neste pedaço do mundo bem (ou super) industrializado, fumaças tóxicas e outros produtos químicos devem ter transformado o cérébro de muita gente (e como estou aqui há algum-muito tempo imagino que em breve meus dois neurônios, Tico e Teco, vão seguir o mesmo ritmo...).
Li agorinha pouco no jornal que um adolescente húngaro foi encontrado pela polícia francesa segunda-feira passada na beira de uma estrada no sul da França. O adolescente diz que foi abandonado pela mãe e o namorado da mesma. Foi por eles deixado ali. Estariam viajando em dierção à Inglaterra de carro. O Cônsul honorário húngaro está tratando da papelada para repatriar o rapaz em breve. A polícia, nem a francesa, nem a húngara, não acham a mão e o namorado, nem o pai do rapaz, que teóricamente está na Hungria.
História maluca, né? Abandonaram o rapaz o ele fugiu e está contando uma lorota qualquer?
Porque essa de abandonar na beira da estrada, não sei dizer nos outros países, mas aqui na França eles são campeões em abandono de animais de estimação na beira da estrada durante o verão: pegam o pobre do cachorro, gato, papagaio, urubu, zebra, durante o ano e como não se pode levar animais para onde vão passar as férias de verão, como não há mais lugar no carro/em casa para o animal, como não há ninguém para tomar conta do bicho ou custa caro pagar alguém para tomar conta do bicho durante as férias, alguém teve um xilique no meio da viagem e decidiu deixar o bichano ali, ou porque simplesmente decidiram não ter mais animais e ao invés de levar para a SPA, eles abandonam na beira da estrada.
Qualquer estrada.
Eu heim.

Um comentário:

Filipe disse...

OLá, gostei muitos dos textos sobre a cultura francesa. São muito bem escritos. Parabéns. Você mora na França há muito tempo? Gostaria que você por gentileza me ajudasse na seguinte questão. Sei que tem um lugar, acho que é norte da França, que tem um monumento aos franceses e canadenses mortos na guerra, ainda existem até as trincheiras nesse lugar. Mas não sei o nome. Preciso urgentemente lembrar o nome desse lugar e do monumento que são duas grandes colunas, lado a lado. Se souber de alguma informação a respeito, por favor entre em contato pelo meu email ok? meu email: cyberraga_br@yahoo.com.br
um abraço e desde já obrigado.