segunda-feira, 17 de julho de 2006

E lá vem o verão

Ou melhor dizendo o alto verãozão.

Desde o início desta semana o país começou a entrar no alerte à la canicule, um alerta aos picos de temperatura: assim que ela se aproxima dos 35° a região onde a temperatura subiu entra no estado de alerta. Isto esperando evitar a tragédia de 2 anos atrás onde muitas pessoas, principalmente idosos, morreram de calor (e falta de hidratação).


Tabela da canicule. Fonte: a Saúde do governo francês

Bem, o cálculo exato da canicule é feito segundo o nível de microgramas de ozônio no ar (o alerta é dado quando se chega a 240 microgramas de ozônio por metro cúbico de ar, para os cientistas, para mim não quer dizer muita coisa, me falem em temperaturas Celsius, please).


Previsão para a França amanhã

Até ontem este alerta estava concentrado no sul da França, mas à partir de hoje regiões no oeste (costa atlântica) e Paris, entre outras, entram neste plano de "fique alerta meu povo" e "bebam bastante água"!
Já bebi mais de dois litros hoje. Sem contar meus dois chás.
Não esquecer de beber água, não andar no sol direto.


Previsão para Paris e arredores amanhã

Outro dia, digo noite, já tive, não uma isolação, mas um chiliquê de calorê no metrô (contei mais abaixo).
A única outra vez que isto tinha acontecido comigo foi há uns 20 anos atrás, na praia, fiquei muito tempo no sol, sem beber nada, nem um Mate Leão, comecei a achar que ia acontecer algo comigo, resolvi ir embora e na hora que estava pisando na calçada na beira do "Brejo" (entendam, praia do Flamengo para os não íntimos) desmaiei alguns segundos. Nada que uns tapinhas no rosto e um pouco de água não resolvesse.

Amanhã estão prevendo temperaturas perto dos 35 positivos (ou mesmo acima) aqui na Cidade Luz. Ainda bem que tem ar condicionado no meu escritório!

Mas francês é meio Jeca Tatu quand même: algumas linhas de ônibus da cidade têm ar condicionado, mas o povo, com calor, abre as janelinhas, um gasto de energia por nada. E o motorista deixa quieto. O cúmulo!

Um comentário:

Teresa disse...

Menina!!! Vamos marcar nosso apéro, que o calor tá de rachar.